FINASTERIDA CONTRA CALVÍCIE E ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA!

By

FINASTERIDA CONTRA CALVÍCIE E ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA! –  Na busca constante contra calvície, uma hora ou outra nos deparamos com a finasterida. Um dos tratamentos mais populares no mundo junto com o Minoxidil. E como todo medicamento que mexe de certa forma com questões hormonais surgem várias questões a se analisar, deixando a dúvida se realmente o seu uso vale a pena.

 

FINASTERIDA CONTRA CALVÍCIE!

FINASTERIDA COMPRIMIDO

MEU TRATAMENTO COM FINASTERIDA TÓPICA E MINOXIDIL 5%

Toda pessoa em tratamento capilar contra queda, falhas, cabelos ralos… Uma hora você se depara com a Finasterida, como eu comentei com vocês no post sobre o (AVICIS), dessa vez eu estou pegando pesado mesmo no tratamento para preencher a parte frontal do meu cabelo. Então além de usar o Avicis eu estou usando o Minoxidil 5% manipulado com Finasterida 1%.

Ainda não posso relatar pra vocês resultados, porque acabei de completar um mês de uso, mas assim que completar 3 meses eu vou postar fotos com o antes e depois. Espero muito mesmo ter resultados positivos, porque além de gastar horrores de dinheiro, você gasta tempo, e seu cabelo fica sempre uÓ por cauda dos tônicos diariamente.

O meu tônico é manipulado e foi receitado pela dermatologista, que por sinal não me relatou NENHUM efeito colateral, nem possíveis reações. ( Normal neh, dificil achar um médico que perca 10 minutos falando um pouco mais sobre esses fatores).  O valor ficou em R$ 170,00 isso MANIPULADO! Caro neh! mais um motivo para que seja bem potente. Veremos….

PERÍODO PARA EFEITO DA FINASTERIDA

FINASTERIDA PARA MULHERES

A alopécia androgenética, mais popular calvície, que se caracteriza principal causa em relação à queda de cabelo para mulheres e homens. Ao menos 50% da população do planeta vivenciam o problema.

A queda associada com calvície possui relação genético-hormonal. Portanto, indivíduos geneticamente pré-determinados têm sensibilidade aumentada e determinados hormônios, de modo gradativo, com o decorrer de anos, seguem percebendo afinamento de fios, perda sobre volume e a queda.

Ao tratamento de calvície nos homens, e em determinadas situações nas mulheres, finasterida tem se caracterizado medicamento de maior uso, sendo determinada alternativa promissora para pacientes calvos.

 

AÇÃO DA FINASTERIDA

Finasterida se resume medicação que age sobre couro cabeludo, com bloqueio de ação da enzima 5-alfa-redutase, com responsabilidade pela transformação de testosterona na dihidrotestosterona, DHT, hormônio associado com afinamento de cabelo e miniaturização em relação aos folículos pilosos.

A finasterida é capaz de diminuir taxas de DHT. Assim, reduzindo-se taxas de produção de tal hormônio, o enfraquecimento de folículos é evitado, e por resultado, a perda do cabelo.

A medicação tem promessa de aumento do volume do cabelo e prevenção da queda dos fios. Em prática, finasterida faz preservação dos fios que já existem, e em determinadas situações, segundo especialistas, pode ser responsável pelo engrossamento de fios enfraquecidos, levando ao aumento do volume em certas partes de couro cabeludo.

Ao considerar as características de cada indivíduo, há necessidade, que anteriormente ao começo de qualquer tratamento contra calvície, possa ter diagnóstico, qual seja de modo preciso, a causa para queda. Na situação de alopécia androgenética, finasterida pode ou não ter recomendação, dependerá de avaliação do médico sobre cada paciente.

Finasterida é um medicamento antiandrógeno inibidor da 5-alfarredutase, a enzima que converte a testosterona em di-hidrotestosterona.

PERÍODO PARA EFEITO DA FINASTERIDA

O final da queda pode ser notado, normalmente, após utilização diária da referida medicação por 3 meses. No entanto, não há possibilidade de quantificação, mesmo que nos termos médios, do ganho que o indivíduo obterá em tratamento com o medicamento.

Cada indivíduo apresenta resposta para tratamento de uma forma. Em torno dos 40% dos casos, o paciente somente permanece com os fios já de existência, nos outros 30% as pessoas mantêm fios e recuperam parte de cabelo perdido, e em 30% não é verificada qualquer resposta para tratamento.

 

EFEITOS COLATERAIS DA FINASTERIDA

EFEITOS COLATERAIS DA FINASTERIDA

Sobre efeitos colaterais ainda não existe informação totalmente conclusiva que informe se o medicamento se caracteriza de modo absoluto, seguro. Na parte de maioria da população, não existe efeito algum, porém nos 2 a 5% da população tais efeitos ocorrem.

 

– FINASTERIDA E HOMENS

O efeito colateral de maior conhecimento, e de receio, se caracteriza disfunção sexual. Os homens que ingerem finasterida podem vivenciar perda da libido e dificuldade sobre ereções, para ter e manter.

Mesmo assim, o medicamento permanece sendo usado e há falta de pesquisas com contundência acerca de riscos que o mesmo apresenta à vida sexual. Mais efeitos ainda já de relato, a redução em tamanho peniano ereto, redução do volume ejaculado, e ginecomastia, que é crescimento não normal de mamas no sexo masculino.

 

– FINASTERIDA E MULHERES

Não houve constatação de efeitos colaterais nas mulheres. Há indicação somente às mulheres com AAG, alopécia androgenética. E a mulher possuir desejo de engravidar ou se for gestante, a mesma está proibida de ingerir finasterida ou até de manuseio dos comprimidos esfarelados ou em quebra da finasterida.

Pela inibição da conversão de testosterona na dihidrotestosterona, a absorção da medicação pelas gestantes poderia gerar anormalidade em genitália em relação aos fetos de sexo masculino.

 

FINASTERIDA TÓPICA

SOBRE A FINASTERIDA TÓPICA

Muitas experiências com finasterida tópica têm sido realizadas no planeta inteiro, e os resultados se resumem promissores. Vários especialistas se encontram em otimismo com tal nova forma de tratamento, mesmo que os estudos ainda sejam poucos.

No estudo de 2012, houve conclusão que acrescentar solução de 0.1% da finasterida para 5 5% de Minoxidil gerou resultados superiores em relação ao Minoxidil de modo isolado. Em estudo diverso, fez-se comparação da eficácia de finasterida tópica e a oral, e resultados foram parecidos, no entanto, com quantidade inferior de efeitos colaterais.

No estudo de 2014, observou-se eficácia em diminuição de DHT pelo couro cabeludo em torno de 40% superior, que com 1 mg da finasterida nos comprimidos, no entanto, somente com avaliações de período curto.

As formulações da utilização tópica, sendo exemplos os cremes, loções e géis, podem ser interessante alternativa, já que são aproveitados benefícios da ação de finasterida em combater calvície, na ausência de correr risco sobre efeitos colaterais no resto do corpo, pois a tópica terá aplicação somente em folículos capilares.

Ainda não há fórmula de aprovação por órgãos reguladores e com produção comercialmente à finasterida da utilização tópica, porém a mesma tem possibilidade de ser utilizada nas fórmulas manipuladas.

ACOMPANHAMENTO MÉDICO É FUNDAMENTAL

É importante frisar que a consulta com o médico é fundamental, e apenas o profissional poderá apontar ou não se este é o tratamento adequado, até porque não é toda queda de fios, que gera uma calvície. E também para valer o investimento e o transtorno.

É aconselhado que pacientes que tenham determina disfunção erétil no tratamento, a buscar consulta médica. Com tal efeito colateral se caracteriza incomum, é de importância investigação se não existem mais causas para aquele problema. Às vezes, a medicação apenas potencializou dificuldade que já existe.

Há pessoas que perdem os fios por igual, pela cabeça toda, e outras permanecem com entradas, por exemplo. A velocidade da perda do cabelo difere de caso a caso. Há indivíduos que progridem à calvície de modo muito rápido que nem notam por onde a mesma iniciou.


 

Como cada organismo reage de uma forma, o ideal é que observar o que funciona melhor pra você! E assim conseguir o tratamento perfeito! :)

VITAMINAS QUE EU AMO E RECOMENDO!

Essa é uma das perguntas mais frequentes no blog, quais as melhores vitaminas, shampoos, suplementos e óleos para o cabelo que eu já testei. Bom, eu fiz uma lista abaixo de todas que me deram resultados positivos e recomendo de olhos fechados! Use o pesquisar para ver os antes e depois sempre com mecha descolorida!

Cada uma tem um destaque específico, mas para quem quer saber qual foi a melhor em termos de crescimento até hoje foi a minha ultima vitamina testada no cado o  PANTOGAR TURBINADO: (Pantogar+ Queratina + Luminus + Pill Food + Biotina + Nutricolin)possui uma fórmula extraordinária e sem dúvidas bem completa e Capsulas de Groselha Negra que me surpreendeu bastante!

  • PANTOGAR TURBINADO (BIOTINA+ LUMINUS + PILL FOOD + NUTRICOLIN – (AQUI)
  • PANTOGAR FORMULA ORIGINAL –  (AQUI)
  • PANTOGAR EXTRA FORTE - (AQUI)
  • GROSELHA NEGRA – (AQUI)
  • PILL FOOD EXTRA FORTE - (AQUI)
  • LUMINUS HAIR - (AQUI)
  • COLÁGENO HIDROLISADO SEM SABOR (AQUI)
  • VITAMINA E (AQUI)
  • 3 Comments
    1. Patricia 2 anos ago

      Olá! Como é sua rotina para uso dos 3 tópicos? O minoxidil, o Avicis e o Finasterida? Vc usa todos no mesmo momento? Parabéns pelo post, super esclarecedor! Beijo

    2. Rosângela 2 anos ago

      Boa tarde Caroline, então buscando na net produtos que controlem a queda de cabelo e auxiliam no crescimento, encontrei o Woman’s Hair Capillum, que dizem estar fazendo a cabeça das mulheres tanto nos EUA, quanto no Brasil. Fiquei super interessada, mas não conheço e nem tenho referências do produto. Você conhece, já usou, funciona mesmo e você indica?

      Desde já agradeço a atenção e aguardo retorno.

    Leave a Comment

    Your email address will not be published.

    You may also like